Prefeitura Municipal de

Britânia

(62) 3383-1233

  • Início
  • Acesso à Informação
  • Transparência
  • Notícias
  • Contato
  • História

    Na década de 50, as terras em torno do Lago dos Tigres estavam em poder do Dr. Paulo Smith de Vasconcelos. Representando um grupo maior, ele era dono de 20 mil alqueires goianos, dando início à sua fundação com o loteamento de glebas rurais feito às margens do Lago dos Tigres. Em seguida, foi adquirida toda área, em sociedade com um cidadão de Tupã-SP, idealizador da fundação da cidade.

    Foi realizado um concurso para a escolha do nome da cidade, no qual concorreram os seguintes nomes: Quênia, Primavera, Goiás Luz, Vera, sendo eleito o nome "Britânia", indicado por alguém que conhecera e o indicou pela grande semelhança do município, em seus aspectos geográficos e hidrográficos, com as Ilhas Britânicas.


    Chegaram as primeiras famílias para aqui fixarem suas moradas, às 16h45 do dia 29 de junho de 1957, via Lago dos Tigres, em um Barco chamado "Pirarara". Entre elas, estavam as famílias de José Camelo Pinto, Eugênio Gama, João Domingos, José Cardoso e outros. Aportaram e montaram acampamento perto de uma árvore Itarumã, ponto de referência aos mesmos. Orientaram os trabalhos de limpeza de um pequeno espaço. Cortaram lenha para montagem de uma fogueira em louvor à "São Pedro", hoje padroeiro da cidade.


    Passado um ano, em 29 de junho de 1958, o município, já habitado por Dom Cândido Penso, teve a primeira missa. A emancipação política do município deu-se em 5 de janeiro de 1964. Antes, o município teve como prefeito provisório o Sr. Adelino Braga e Raimundo de Souza Leocárdio, pelo voto direto Joel Ferreira da Costa, o primeiro prefeito eleito. A região economicamente desenvolveu inicialmente a agricultura, mas hoje predomina a pecuária e desperta-se para o desenvolvimento do Turismo.